L2L - De Advogados para Advogados 

Em 2005, criamos o SMGA. Desde o primeiro momento, observamos

um comportamento até certo ponto curioso: parte significativa das demandas que eram trazidas para nós vinha de outros advogados.  Pedidos de orientação técnica, consultoria ou simplesmente troca

de ideias e experiências foram se tornando cada vez mais frequentes. 

 

Quando procuramos entender a origem e a justificativa dessas demandas, percebemos que o movimento era até certo ponto uma decorrência natural de três eixos centrais das nossas trajetórias:

a visão sistêmica e interdisciplinar; o prazer que temos em estar

em sala de aula, contribuindo para a formação de novas gerações

de advogados; e a predileção pela cooperação, pelo trabalho

colaborativo, cocriativo. 

Em 2010, passamos a tratar esses serviços como L2L.

O termo surgiu de forma despretensiosa quando, numa conversa

sobre prestação de serviços para os nossos pares, surgiu a comparação com B2B (serviços prestados por empresas para empresas).

Por que não Lawyer 2 Lawyer? Pegou! 

 

Desde então, o L2L passou a ser uma marca do SMGA, tendo uma participação relevante no crescimento do escritório.